Ejaculação precoce – O que é? Tipos, causas e prevenção.

O que é a ejaculação precoce?

Quando um homem tem um orgasmo antes e mais cedo do que o esperado em uma relação sexual, temos a ejaculação precoce. Caso venha a ocorrer de forma pontual (uma vez ou outra), não há com que se preocupar, contudo, se for recorrente, é importante uma avaliação.

Uma ejaculação que ocorre antes de 1 minuto da penetração vaginal, ou que tenha seu tempo de forma significativa e incômoda, normalmente, para cerca de três minutos ou menos, é a ejaculação precoce, de acordo com a Sociedade Internacional de Medicina Sexual.

Tipos de ejaculação precoce

Existem diferentes classificações para a ejaculação precoce.

Primária: quando a impossibilidade de prolongar o coito acompanha o homem por sua vida sexual inteira;

Secundária: Quando surge na vida do indivíduo que controlava bem;

Situacional: Surge em determinadas situações, por exemplo, com uma parceira específica;

Variável: quando ocasionalmente ocorrem eventos de uma ejaculação precoce. Não se trata de um problema, mas apenas de uma variação do tempo de ejaculação do homem;

Ejaculação precoce subjetiva: onde existe um tempo de controle acima do limite de dois minutos, mas o paciente tem muita insatisfação com a duração do coito.

O emprego de outras técnicas como exercícios perineais, bem como, estimulante sexual desempenha sempre um papel à terapia básica sendo útil na medida em que reforça a percepção do indivíduo quanto às estruturas desta região.

Causas

A causa exata ainda é desconhecida, mas se acredita que fatores psicológicos e biológicos desempenhem papel relevante na ocorrência desse problema.

Alguns fatores psicológicos são:

Já os fatores biológicos que podem ser relacionados ao problema são:

  • Níveis hormonais acima do normal;
  • Níveis de neurotransmissores acima do normal;
  • Atividade anormal do sistema ejaculatório;
  • Distúrbios da tireoide;
  • Inflamação ou infecção na próstata, bem como na uretra;
  • Fatores genéticos;
  • Danos no sistema nervoso causados por experiências traumáticas, bem como cirurgias.

Fatores de Risco

Fatores que podem facilitar a ocorrência de ejaculação precoce:

Disfunção erétil: disfunção em ter ou manter uma ereção, bem como o medo de perder uma ereção, podem levar o homem a ejaculação precoce;

Estresse: questões emocionais, bem como instabilidade mental podem limitar a habilidade de relaxamento e concentração, podendo levar à ocorrência desse problema. Doenças cardíacas, podem aumentar a ansiedade durante a relação sexual e causar o problemas de ejaculação ou até de impotência sexual.

Prevenção

Uma comunicação franca entre os parceiros pode auxiliar na redução dos riscos de ejaculação precoce, embora não exista uma forma exata de se prevenir o problema.

Alguns simples tratamentos:

Existem alguns exercícios que podem ajudar o homem a controlar melhor sua ereção. Consistem basicamente em treinar a interrupção do estímulo sexual antes de ejacular.

Técnica “Comece e Pare”: em que é feita retirada do pênis da vagina durante alguns minutos e depois reintroduzi-lo.

Técnica do aperto: em que é feita uma pressão na glande, que além de interromper a excitação sexual chegaria a reduzir a rigidez peniana.

A ansiedade é a regra quando estamos lidando com ejaculadores rápidos, qualquer tipo de atividade que consiga gerar relaxamento é válida. Muitos profissionais recomendam, junto com a terapia básica, ioga, acupuntura, pilates, aulas de música, pintura e outras atividades que afastem o indivíduo da rotina e do estresse cotidianos. Todavia a ressalva é a mesma mencionada anteriormente: não a utilize como terapia única!

Por isso, a base do tratamento está no apoio psicológico, estimulante sexual, medicação que age no cérebro onde ficam os núcleos de controle da ejaculação e medidas para reduzir a origem dos estímulos excitatórios no pênis.

Ejaculação precoce tem cura?

Como se livrar do problema de ejaculação?

Tente essas técnicas durante as relações sexuais. Seguir à risca as orientações médicas e praticar os métodos aprendidos são a melhor saída para problemas de ejaculação.

A ejaculação precoce crônica pode ser um sinal de ansiedade ou depressão. Um psiquiatra ou psicólogo pode ajudar a tratar esses problemas.

Perguntas frequentes

Homens circuncidados têm menos ejaculação precoce?
R: A circuncisão não tem relação com a ejaculação precoce.

Usar preservativo ajuda a evitar a ejaculação precoce?
R: O preservativo pode auxiliar no tratamento, pois ele pode diminuir a sensibilidade e retardar a ejaculação. Além disso, há preservativos com medicações que diminuem a sensibilidade e levam a efeito retardante da ejaculação.

É normal ejacular mais rápido depois de muitos dias sem transar?
R: Existe um estudo que correlacionou a frequência sexual e a ejaculação. E o resultado foi que o tempo de abstinência pode influenciar no controle da ejaculação, sim.